Acusado de homicídio em União dos Palmares é condenado a 12 anos de prisão

28/04/2016 18:50

Tribunal de Justiça de Alagoas

O Tribunal do Júri de União dos Palmares condenou o réu Amauri Oliveira da Silva a 12 anos de prisão, pela morte de Adriano Lopes dos Santos, ocorrida no dia 5 de outubro de 2003, na zona rural do município. O julgamento, realizado nessa quarta-feira (27), foi conduzido pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva, titular da 3ª Vara Criminal da Comarca.
 
 
 
De acordo com a sentença, “Lila”, como também é conhecido, deverá cumprir a pena em regime inicialmente fechado, mas poderá recorrer em liberdade. O caso ocorreu por volta das 18h, no Sítio Pindoba II.
 
Conforme a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP/AL), o crime foi motivado por vingança, já que, dias antes do assassinato, Amauri havia brigado com Adriano Lopes, durante uma festa, porque a mulher que estava dançando com Adriano se recusou a dançar com o acusado. Inconformado, Amauri deu um murro nas costas da vítima, que revidou.
 
Ainda segundo o órgão ministerial, o acusado teria apontado a vítima para Afrânio Bernardo da Silva, que também responde ao processo, sob acusação de executar os disparos de arma de fogo contra Adriano.
 
Matéria referente ao processo nº 0500370-05.2009.8.02.0056.

Voltar

Contato

Jovem News
São Paulo
São Paulo, Brasil

+55 (82) 9809-5017

© 2017 Todos os direitos reservados.

Make a free website

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!