Movimentos sociais agrários realizam atividades na Ufal até sexta

28/04/2016 19:04

Movimentos Sociais

O Campus A.C Simões sedia as atividades da 3ª Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária, em parceria com a Pró-reitoria de Extensão. Participam dessa programação os movimentos sociais agrários, entre os quais a CPT, o MST, o MLST e o MTL, que estão em marcha desde a última segunda-feira (25), quando partiram de União dos Palmares em direção à Maceió.
 
 
 
A marcha em defesa da reforma agrária marca o aniversário dos 20 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás. A Universidade acolheu esses movimentos no Centro de Ciências Agrária (Ceca/Ufal). A partir desta quinta-feira (28), os integrantes se instalam no Ginásio de Esportes de Educação Física.
 
No Campus A.C. Simões ocorrerá uma série de atividades, como: mesa-redonda, plantio de árvores no entorno do Centro de Interesse Comunitário (CIC), marcando simbolicamente a morte dos trabalhadores que tombaram vítimas da violência no campo, o plantio de horta da Residência Universitária e o lançamento do Comitê Estadual da Campanha Permanente Contra o Uso dos Agrotóxicos e Pela Vida.
 
A gestão da Ufal solicita à comunidade universitária que acolha aos visitantes e que participe das atividades desses lutadores sociais. No entanto, as atividades acadêmicas e administrativas da Universidade vão continuar normalmente nesse período.

Voltar

Contato

Jovem News
São Paulo
São Paulo, Brasil

+55 (82) 9809-5017

© 2017 Todos os direitos reservados.

Make a free website

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!