Patrício Pitbull levanta suspeitas sobre lesão de Macapá e equipe Nova União

09/04/2016 14:48

"É muito estranho toda hora ter alguém se machucando perto de lutas importantes", diz ex-campeão dos penas do Bellator, que também desafiou Will Brooks

Patricio Pibtull; Bellator (Foto: Reprodução/ Instagram)Ex-campeão dos penas do Bellator, Patricio Pitbull tinha duelo marcado em Connecticut, nos EUA, dia 22 de abril contra o brasileiro John Macapá. O combate, no entanto, não vai mais acontecer porque o atleta da equipe Nova União lesionou a costela e precisou sair do card. 

O anúncio foi feito nesta sexta-feira e pegou Pitbull de surpresa. Frustrado com o cancelamento do embate, o lutador levantou suspeitas sobre a lesão e sobre a equipe adversária:
- O treinador me falou hoje de manhã que o John Macapá havia quebrado a costela, coisa que me fez pensar um pouco, pois a Nova União já tem um histórico muito grande de lutadores que se machucam muito em cima de lutas importantes. Então, eu fiquei um pouco receoso com isso, querendo saber se era mesmo verdade, querendo provas para saber se ele quebrou mesmo a costela. Ontem (quinta-feira), 23h30 ele postou uma foto do treino e eu acordei hoje de manhã (sexta) com essa dele dizer que quebrou a costela. Não sei dizer muito bem como foi esse espaço de tempo para ele quebrar a costela. Mas, tudo bem…é um esporte de contato, isso pode mesmo ter acontecido. Não estou dizendo que ele saiu da luta com medo, até porque eu conheço o John Macapá, sei que é um cara guerreiro que não foge da luta, mas o que eu fico pensando é que alguém tem que ficar de olho no pessoal da Nova União. É muito estranho toda hora ter alguém se machucando perto de lutas importantes. Isso me deixa frustrado, porque eu venho treinando há três meses. Venho acumulando microlesões, como qualquer outro lutador acumula durante o camp. A gente faz dieta, faz de tudo para chegar perto da luta e cancelar. E não é uma única vez que isso aconteceu. Já aconteceu várias vezes, com vários lutadores, é uma coisa que a gente tem que chamar a atenção e começar a falar - declarou, em entrevista ao Combate.com.
A Nova União já tem um histórico muito grande de lutadores que se machucam muito em cima de lutas importantes"
Patrício Pitbull
 Aos 28 anos, o atleta da "Pitbull Brothers" tem 24 vitórias e três derrotas na carreira e espera continuar no card do dia 22 de abril, no qual fará a co-luta principal do Bellator 153, que terá o duelo entre Ben Henderson e Andrey Koreshkov na luta principal. Para isso, Patricio afirma que aceita lutar contra qualquer adversário, até mesmo em uma categoria de peso acima da sua:
-  O Bellator, nesse momento, está procurando adversário para me enfrentar no dia 22. Eu sigo na dieta, sigo treinando e esperando apenas o próximo nome. Eles perguntaram se eu tinha algum nome em mente, eu falei o Will Brooks, porque ele é o campeão na categoria de cima, está sem adversário e está toda hora chorando no Twitter pedindo luta. Então, me ofereci para enfrentá-lo. Ele não vai precisar perder tanto peso, porque vou aceitar a luta na categoria dele. Pedi para enfrentar o campeão na categoria de cima, vamos ver no que vai dar. Eu estou pronto para enfrentar qualquer lutador, não importa quem é o cara, vou aceitar a luta. Pode ser também na categoria de cima, ou em peso-casado, eu vou aceitar. Não tem problema, sou lutador, estou aqui para trabalhar e vou enfrentar qualquer um - finalizou.

Voltar

Contato

Jovem News
São Paulo
São Paulo, Brasil

+55 (82) 9809-5017

© 2017 Todos os direitos reservados.

Make a free website

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!