Polícia Civil prende dupla por homicídios no Pilar

Polícia prende acusados em crimes

Policiais civis do 23º Distrito Policial (23º DP), comandados pelo delegado José Carlos André dos Santos, prenderam, nesta terça-feira (12), dois acusados de homicídios na região metropolitana da Capital.
 
Durante a ação foram presos no município de Pilar, Petrúcio Rocha de Morais Filho, de 35 anos, conhecido como “Tusso”, e Jaciel Teles de Araújo, 26 anos.
 
 
 
Petrúcio é acusado de executar a vítima identificada como Paulo César Lourenço, na última quinta-feira dia 7. “Testemunhas relataram que ele efetuou disparos de arma de fogo, e a vítima correu em direção à mata, mas foi perseguido e assassinada na frente de seus filhos, e de sua mulher grávida”, disse o delegado.
 
O delegado disse ainda que a família da vítima conseguiu fugir e pedir ajuda em uma fazenda, próximo ao local do crime, e por pouco não se registrou ma chacina, motivada por uma discussão de vizinhos. O delegado destacou além da investigação da Polícia Civil, a atuação do Poder Judiciário de Pilar e do Ministério Público que foram essenciais para a prisão do suspeito, apenas cinco dias após o crime.
 
O segundo preso, Jaciel é acusado de assassinar Luiz Carlos da Silva, o “Carlinhos”, que foi morto com dois disparos de arma de fogo na cabeça. “Ele e outro comparsa, que está foragido, assassinaram a vítima e o corpo somente foi encontrado dois dias depois do fato. Jaciel é acusado também de ter participado do crime contra o blogueiro Victor”, disse o delegado.
 
Leia Também:
 
Blogueiro foi assassinado por dívida com o tráfico, diz Polícia Civil
 
Delegacia geral designa três delegados para investigar morte de comunicador
 
De acordo com a autoridade policial, quando Jaciel foi interrogado pelo delegado Ronilson Medeiros, coordenador da Deic, ele chegou a confessar o homicídio de “Carlinhos” , descrevendo cada detalhe da conduta criminosa.
 
Petrucio e Jaciel foram presos em cumprimento a mandados de prisão expedidos, após investigações realizadas pela equipe do 23ºDP, pela Justiça alagoana.
 
“Os dois últimos homicídios ocorridos na cidade tiveram os autores presos, com apoio da Delegacia Geral e da cúpula da segurança pública. O trabalho continuará a fim de que a cidade volte a ter paz”, concluiu o delegado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!