Primeira mulher a votar pelo impeachment de Dilma, deputada Shéridan é musa no Congresso

17/04/2016 21:31

Musa do Congresso, Shéridan foi a primeira mulher a votar pelo impeachment de Dilma

Musa do Congresso, Shéridan foi a primeira mulher a votar pelo impeachment de Dilma Foto: Reprodução
Primeira mulher a votar no Congresso a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, a deputada federal Shéridan, do PSDB de Roraima, não chamou a atenção apenas por sua posição firme contra o governo petista, mas também por sua estonteante beleza.
Nas redes sociais, a parlamentar, de 31 anos – formada em psicologia e ex-mulher do ex-governador de Roraima José de Anchieta -, posta regularmente fotos que arrancam elogios dos seus seguidores. Em Brasiília, ela virou a musa da Câmara dos Deputados.
 
Shéridan também tem o hábito de postar fotos com frases otimistas e citações à escritora Clarice Lispector, ao filósofo alemão Friederich Nietzsche e ao psicanalista Augusto Cury. Os seguidores dispensam a formalidade do parlamento e, em vez de chamá-la de excelência ou nobre deputada, abusam do “linda” “bela”, “princesa” e etc.
 
A deputada arranca suspiros no Congresso e nas redes sociais
Em sua primeira candidatura a um cargo público, apoiada pelo então marido, Shéridan se elegeu como a deputada mais votada do seu estado, com mais de 35 mil, o que representa quase 15% do eleitorado, percentual maior que o de qualquer outra deputada que integra hoje o Congresso.
 
Na atuação como parlamentar, a deputada federal integrou a Comissão de Ética, que votou a admissibilidade do processo de impeachment e votou a favor da continuidade do processo contra Dilma. Em sua argumentação, a deputada alegou que seu voto seguia o desejo da maioria da população, afirmando que era o momento de “honrarmos a confiança que o povo nos depositou e agirmos de forma responsável, lutando por um país mais ético, menos corrupto e mais transparente”.
Shéridan foi recordista de votos em Roraima
Mas a situação da bela deputada já esteve feia: no final de fevereiro, a Justiça de Roraima determinou o bloqueio de cerca de R$ 40 mil de José de Anchieta, dela e do ex-secretário da Casa Militar de Roraima, Edison Prola, sob a acusação de improbidade administrativa.
Shéridan posta regularmente fotos enquanto malha
O bloqueio foi feito a pedido do Ministério Público do estado, que acusa os ex-gestores de usar, em 2010, o avião do governo para transportar o funkeiro MC Sapão do Rio de Janeiro até Boa Vista. O cantor foi contratado para se apresentar no aniversário de Shéridan.
Por sete anos, Shéridan foi primeira-dama do estado de Roraima

 

Voltar

Contato

Jovem News
São Paulo
São Paulo, Brasil

+55 (82) 9809-5017

© 2017 Todos os direitos reservados.

Make a free website

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!